Postagens

Paranapiacaba no pedal

Imagem
Era uma ideia, e tinha uns 60% de sair errado, um dia que poderia ser chuvoso. 

Pois não é que deu certo?

Eram três com disposição de ir, aí com a desistência de um grupo que iria no sábado, e acreditou que a chuva viria... foram mais pessoas.

Quando encontramos no local marcado no domingo 7 horas, eram sete ciclistas, encontraríamos mais um no caminho.

Pedal em andamento, subidas da  Belmira Marim, no Grajaú, que não é fácil, são subidas mesmo.

Logo alcançamos a balsa, por onde atravessamos para ilha do Bororé.
Até reunimos ciclistas de alguns grupos, Pedal Existencial, Ascibikers, Roda Presa. Também estava presente o Rafael que está em tudo quanto é grupo, mas ultimamente no Pedala Grajaú.




Travessia, é um momento de bate papo, descontração, constatar que nossa represa está poluída, e que até na entrada para balsa já tem sujeira acumulada.

Frascos de água, refrigerante, latinhas, papel, plástico ...  Além daquelas águas receberem esgoto de tudo quanto é lado...

Ilha do Bororé, alcançamos a Ca…

Ciclo viagem a Salesópolis

Imagem
 Logo na entrada da estação santa Cruz do metrô a quantidade de passageiros transitando no sentido oposto, era muito grande, e ainda com aquelas paisagens na mente, avançava rumo as catracas. 

  Uma viagem começa com uma ideia, uns dias para convidar os ciclistas, aprimorar, e não é que chega mesmo o dia?

Foi assim que essa ideia de viajar de bike rumo a Salesópolis finalmente se concretizou. 

A ciclo viagem envolveu Anderson, Andrea, Jhony Be Good, eu Roberto, que vieram pedalando do lado do Grajaú, pela marginal do Pinheiros, e encontraram na altura da estação morumbi, nossos amigos que pedalaram desde a região do Jabaquara: Santana, Johny, Bruno, Iza, Naldo, Kaique.

Estávamos finalmente em onze ciclistas e pedalamos em direção à estação da Luz.


Nem eram 7 da manhã, a temperatura ainda fria e úmida, ia provando nossa resistência inicial. Vencemos a subida da nove de julho, rumo ao túnel e atravessamos a cidade.

A velha e simbólica estação da Luz. Pequena pausa para algumas fotos, e fomos …

Ciclo viagem a Aparecida do Norte

Imagem

Cicloviagem a Holambra com Amigos do Pedal

Imagem
Por: Roberto Zaghini
Quando era criança, ouvia falar cada coisa sobre o céu à noite: por exemplo que não se podia apontar para estrelas com o dedo pois causaria verruga... kkk Até parece, mas eu via as estrelas e admirava o brilho delas, no céu azul escuro, com aquelas luzes prateadas.
Nesta ciclo viagem do Amigos do Pedal, a harmonia começava bem na noite deste pedal, havia relativa participação de mulheres, o que não é tão comum, e torna o pedal mais suave e brilhoso.
Tudo começou com apenas meia hora de atraso, nada que incomodasse o ânimo do pessoal. Venceram os primeiros quarenta quilômetros e no início da rodovia Bandeirantes fizeram a primeira parada.
A partir daí começou a maior das provações para aquele grupo de TRINTA GUERREIROS DO PEDAL. Na estrada conforme avançavam a madrugada, o frio era cada vez mais gelado, com a umidade.
Transitávamos pelo acostamento, e à direita muito verde, alguns grunhidos que poderiam ser de pássaros ou alguns animais …